sábado, 31 de outubro de 2015

Polystachya estrellensis - flores 2015

Mais uma vez venho postar sobre esta micro orquídea de beleza singular. Esta Polystachya é de fácil cultivo e floresce regularmente todos os anos; outra curiosidade é a fecundação das flores que ocorre de maneira espontânea, sempre produzindo cápsulas de sementes.

segunda-feira, 26 de outubro de 2015

Brassavola perrini - flores 2015

Este gênero dispensa comentários, haja vista a maravilhosa conjunção de sua estrutura e a maneira como as flores se projetam. Esta Brassavola perrini capricha na elegância em todas as suas floradas (dispensando cuidados básicos que a maioria das orquídeas exigem).

sábado, 24 de outubro de 2015

Oeceoclades maculata - flores 2015

O Oeceoclades maculata é uma orquídea terrestre de fácil cultivo e, por isso, floresce nas mais adversas situações. Talvez por isso, desenvolve cápsulas de sementes com muita facilidade, bem como apresenta desenvoltura na germinação das minúsculas sementes. Sendo assim, é comum encontrá-las em locais de mata, inclusive em espaços de degradação.

quarta-feira, 7 de outubro de 2015

Bromélia: Quesnelia testudo

“Quesnelia é um gênero  botânico da família Bromeliaceae, subfamilia Bromelioideae. O gênero é assim designado para homenagear M. Quesnel, cônsul Frances, da Guiana Francesa. Endêmicas do leste do Brasil, esse gênero contem cerca de 16 espécies.   (...) forma rosetas verticais com certa rigidez, sendo seu cultivo bastante fácil. Entretanto a maioria das Quesnelias possui folhas com bordas de espinhos, sendo assim, pouco requisitada com exemplar doméstico.  O gênero está distribuído [também] pelas regiões sudeste e sul do Brasil. O estado do Rio de Janeiro concentra a maioria das espécies submetidas ao gênero”.
Dentre as espécies informadas, podemos destacar:
Quesnelia Arvensis;
Quesnelia Quesneliana;
Quesnelia Edmundoi;
Quesnelia Marmorata;
Quesnelia Augusto Coburgii Wawra;
Quesnelia Liboniana;
Quesnelia Lateralis Wawra;
Quesnelia Strobilispica Wawra;
Quesnelia Seideliana;
Quesnelia testudo.
São plantas muito resistentes, de cultivo fácil e florescimento rápido. Infelizmente, ainda são pouco utilizadas no paisagismo. (...) suas hastes florais são belíssimas com nuances que vão desde o rosa pálido ao vermelho fluorescente, com pigmentos de violeta, azul, quase negro, verde e amarelo. Estas hastes podem se apresentar como um aglomerado de flores em uma cabeça, na forma cilíndrica ou cônica. Também pode se apresentar com inflorescências laterais, variando-se de acordo com a espécie. São epífitas e apreciam alta luminosidade. Apreciam substrato rico em matéria orgânica e bem drenado. Podem ser cultivadas em vasos, canteiros, bordaduras ou maciços[1]”.

Quesnelia testudo
Como outras bromélias deste gênero, esta espécie tem folhas verdes brilhantes. A estrutura das flores é predominantemente de cor rosa e as pequenas flores, de cor azul, se destacam por formar conjuntos simétricos e incríveis. Trata-se de flores incrivelmente resistentes. Para emitirem florações, preferem a luz direta, do que um ambiente com sombreamento parcial.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...