quarta-feira, 2 de julho de 2014

239 - Orquídea: Campylocentrum Organensis


"Campylocentrum organensis é (...) uma planta epífita, monopodial, com caule alongado, bastante ramificado, cujas inflorescências brotam do nódulo do caule oposto à base da folha. As flores são minúsculas, brancas, de sépalas e pétalas livres, e nectário na parte de trás do labelo (...). Reichenbach publicou esta espécie em 1864 com base em um espécime coletado na Serra dos Órgãos – RJ. (...) o C. organensis tem labelo arredondado com folhas de ápices também arredondados[1]". 
Observação endógena: trata-se de uma orquídea bastante resistente a incidência de sol direto e que costuma florir abundantemente em condições mínimas, como chuvas escassas e leve diminuição da temperatura. Tão logo coloquei-a fixada numa árvore e no mês seguinte iniciou a primeira florada, em pouco mais de 125 flores minúsculas, mas de detalhes e contornos muito definidos.
 
 

[1] Disponível em: http://pt.wikipedia.org/wiki/Campylocentrum_organense Acesso em jun. de 2014.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...