sábado, 21 de junho de 2014

68 - Orquídea: Catasetum Barbatum/ flor feminina

“Grosso modo, o Catasetum barbatum é uma epífita com folhas de nervuras salientes e pseudobulbos oblongos. A inflorescência sai da base dos pseudobulbos”; 
Distribuição Geográfica: AM, AP, PA, TO, RO; 
Habitat: "mata de terra firme, aberta e úmida; igapó"; 
Floração: "entre agosto e setembro. As flores aromáticas medem 6 cm e duram 7 dias"; 
Status Ecológico: "sem risco de extinção[1]".

Observação endógena: adquiri esta orquídea em outubro de 2011, tratava-se de apenas 2 bulbos bem pequenos; o desenvolvimento se deu de forma muito lenta e eu julguei perdê-la, em algumas épocas dos anos que seguiam. Porém, cerca de 3 anos depois, em abril deste ano, ela resolveu florescer. A princípio, em duas hastes, mas no decorrer do desenvolvimento uma delas secou; a que continuou se desenvolvendo, formou 20 flores de cores predominantemente verdes (a fragrância é agradável). O término das flores deu-se no início de junho. O nome barbatum vem do latim barbata-um e significa com barba. Confesso que queria muito ver as flores masculinas deste barbatum, que são mais características, mais vistosas, mais elegantes... Porém, sei que o clima de nossa região tende a produzir tanto as flores femininas, quanto as masculinas, em nossos catasetums; é uma questão de tempo para podermos ver as flores masculinas!
 
 
 
 

[1] Disponível em: Revista: Orquídeas na Amazônia. Ano 1, n.º 1; por Francisco Joaci de Freitas Luz, p. 14.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...