terça-feira, 10 de junho de 2014

135 - Orquídea: Cattleya Guttata


“A Cattleya guttata tem hábito tanto epífita como rupícola, ou seja, pode ser encontrada vegetando sobre árvores, pedras ou mesmo sobre a areia de restingas, nos estados do RJ, ES e BA”.
“Quando encontrada na forma epífita, vegeta em árvores mais altas e que permitam a entrada de maior luminosidade (...). Em sua forma rupícola, é encontrada muitas vezes vegetando em meio às restingas, praias ou mesmo em pedreiras beira mar (...)”.

PLANTA:

“De grande porte, com pseudobulbos eretos, cilíndricos e sulcados, podendo chegar facilmente a 1 metro de altura e em alguns casos ultrapassar essa medida. Estes pseudobulbos são encimados por 2 ou 3 folhas oblongas, coriáceas e rígidas, de colorido verde-escuro até o verde-cinzento”.

FLOR:

“Normalmente florescem entre os meses de janeiro e abril, mas é no meio do mês de março que atingem o auge de sua floração. As flores saem de espatas simples, secas ou não, em hastes de mais ou menos 20 cm de altura, podendo portar mais de 20 flores em florações mais vigorosas. Flores com muita substância, medindo mais ou menos 8 cm de diâmetro, labelo trilobado, com lóbulos laterais recobrindo a coluna e lóbulo medial em forma de istmo, pequeno e estreito. As flores desta espécie têm duração média de 20 dias e perfume bem suave e característico da espécie”.

VARIEDADES MAIS COMUNS: Alba, albescens, aurea, coerulea, semi-alba, tigrina e típica.

CULTIVO:

“Como toda Cattleya bifoliada a Cattleya guttata necessita de grande umidade relativa, boa ventilação e grande quantidade de luminosidade para seu perfeito desenvolvimento. O cultivo em xaxim desfibrado ou cubos de xaxim colocados em vasos de cerâmica ou cestinhos de madeira se mostra bem eficiente no cultivo dessa espécie (...)[i]”.

OBSERVAÇÃO ENDÓGENA: 
Esta Cattleya Guttata passou a ocupar lugar especial em “minha coleção”, após revelar a beleza de suas flores. Adquiri-a de um orquidófilo de Palmas/TO, em março de 2013. Pouco mais de 1 ano após, em maio de 2014, ela iniciou esta inacreditável floração, com 2 belas flores. A beleza das suas flores se revela no capricho dos detalhes, das cores, dos pigmentos e de um perfume incomum (para mim, até então).
 
 
 
 



[i] Disponível em: <http://www.orquideasterra.com.br/?especies9> Acesso em mar. de 2013.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...