terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

71 - Orquídea: Cattleya forbesii

“Orquídea epífita brasileira, nativa de regiões litorâneas próximas de manguezais no sudeste e sul brasileiro. Apresenta pseudobulbos finos com média de 20 cm e folhas elípticas de 12 cm de comprimento. A inflorescência ocorre entre primavera e outono, sai do ápice do pseudobulbo protegida por bráctea, portando de 01 a 06 flores cujas pétalas e sépalas são amarelo esverdeado ou creme, e labelo bem desenhado, branco leitoso externo, e intensa mácula amarela interna, com estrias vermelhas que dão singular beleza à flor”.
“Pode ser plantada em vasos de cerâmica rasos, com substrato misto de lascas ou casca de peroba, casca de pinus e esfagno, ou simplesmente em lascas de madeira sem tanino que deverão estar posicionados num local do orquidário onde seja maior a umidade ambiente, mas sempre com boa ventilação e luminosidade. O sucesso do seu cultivo noutras regiões mais secas, como Centro-Oeste e nordeste do Brasil, está em propiciar uma umidade maior colocando-se bandejas ou bacias plásticas no orquidário na região onde estiverem seus vasos, assim como borrifar com água filtrada em toda a planta no período noturno[1]”.

Observação endógena: está orquídea foi adquirida de Votorantim – SP. Chegou até mim em jan. de 2012. Logo se mostrou adaptada e iniciou a primeira floração em outubro do mesmo ano, em apenas 01 bulbo, com 02 botões, mas não chegou a abrir as flores, como se a alta temperatura tivesse interrompido a floração. A 2ª tentativa de floração deu-se imediatamente a partir de jan. de 2013, com um apenas 01 botão que abriu em flor.
A composição do substrato que a mantém, eu sei, ainda está a desejar, por isso a quantidade mínima de flor. Outro fator é a temperatura alta daqui, bem como a baixa umidade, sem contar que a rega não está sendo feita com água filtrada ou descansada!
A primeira floração que seria de 02 flores, não vingou.
A 2ª floração, apenas 1 flor.
Neste foto percebemos uma beleza incrível, como se a flor fosse prateada (e camuflada ao ambiente).
Vê-se que os bulbos são relativamente pequenos, por isso a pouca quantidade de flores.
Chocolate com "meio" leite e calda de morango. 
  
[1]  Disponível em: http://www.plantasonya.com.br/orquideas-e-bromelias/cattleya-forbesii.html

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

Caroço de Manga/ Substrato Alternativo

Existem preocupações numa pessoa que cultiva orquídeas, quando na composição d'um vaso, para colocar uma planta dessas. Dentre essas preocupações citemos: a procedência do substrato (ele vem de uma fonte ecologicamente correta ou sua retirada agride o meio ambiente?); a qualidade do substrato (ele é seguro, não passará nenhuma doença para a orquídea); a eficácia do substrato (ele vai cumprir um dos seus papeis, qual seja, oferecer nutrientes suficientes para a planta poder enraizar bem?); enfim, há outros detalhes, mas por ora está suficientemente bom a apresentação desses!

A questão também se aplica a disponibilidade de substratos tradicionais e alternativos
Apresento nesta breve postagem uma experiência que venho fazendo com minhas orquídeas nativas, bem como com tantos híbridos: na composição dos vasos para plantio de orquídeas, além dos substratos que costumava usar, tais como: madeira em decomposição, casca e fibra de coco, pedaços de ossos, folhas secas, sabugos (incusive há uma excelente postagem sobre o uso do sabugo etc., portanto, além desses, venho utilizando para a composição dos vasos: caroços de manga secos. 

Após os devidos cuidados em relação ao local que eles deverão ficar expostos, para poderem secar, e a atenção quando na composição do vaso, tratando-os para livrar de doenças e pragas, bem como abrindo alguns deles para decompor melhor (na função de substratos) os caroços de manga secos, estarão prontos para ajudar a planta a absorver água e nutrientes.

Abaixo fotos desta louca experiência:
Caroços de manga, tal como secaram.
Caroços de manga; uns mais firmes, outros mais desgastados.
Caroços de manga; pedaços de sabugo; cocos de ouricuri: todos secos e tratados.
Caroços de manga; pedaços de sabugo; cocos de ouricuri: todos secos. Alguns ainda precisam ser quebrados em pedaços menores.
Caroços de manga; dependendo da conveniência podem ser postos inteiros - como neste vaso de Epidendrum difformis.
Caroços de manga - com o tempo as raízes irão os abarcar e eles se incorporarão aos demais substratos.
Caroços de manga num vaso de Catasetum barbatum NBS.
Caroços de manga- -Blc. Waikiki Gol 'Lea'.
Caroços de manga num vaso de Catasetum macrocarpum- já há outras placas de caroços incorporadas no vaso, desde outrora.
Caroços de manga e sabugos.

Caroços de manga, sabugos, seixos e madeiras em decomposição.
Vários tipos de substratos neste vaso da Phalaenopsis pintalgado.

Numa luta diária de cuidados com esta Cattleya chocolate dropp. "Parece que cresce pra tás". Caroços de manga para ajudar! Será?

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

79 - Orquídea: Blc. Waikiki Gold 'Lea'

Pelo pouco que encontrei a respeito na internet, diz-se que é orquídea a florescer entre Primavera/ Verão. 
"É de fácil cultivo, podendo ser plantada em vasos com pedriscos, casca de pinus ou pedaços de madeira".
Originada a partir do cruzamente entre os gêneros (Brassavola, Laelia e Cattleya).
 
Observação endógena: adquiri está orquídea em tamanho 3, de acordo com o "Mercado da Orquídea" - site onde comprei a mesma, em 2012. Pouco mais de um ano depois, inicou esta floração de duas lindas "flores cor de ouro".
O clima quente e seco do Nordeste tem lhe feito muito bem! Este exemplar está, desde a aquisição, num vaso feito d'um pedaço de coqueiro, forrado de pedaços de telha e britas, composto por substratos (madeira em decomposição, fibra de coco, folhas secas, pedaços de sabugo e coquinhos secos de ouricuri.
Quando a recebi em abril de 2012.

Os botões começam a aparecer.
Formam-se os botões e deixam clarear de sol a visão - Blc. Waikiki Gold 'Lea'
Quase abertos - Blc. Waikiki Gold 'Lea'
Um "caleidoscópio de cores" - Blc. Waikiki Gold 'Lea'
É um lindo híbrido - Blc. Waikiki Gold 'Lea'
Quase o Sol - Blc. Waikiki Gold 'Lea'

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...