segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

12 - Orquídea: Encyclia oncidioides

"O cultivo da Encyclia é fácil, principalmente - como tantas outras epífitas – se mantida sobre árvores; mas a sobrevida é longa em vasos; fibras não compactadas. Diversos materiais podem ser usados, desde os pedregulhos de quartzo com um pouco de raízes de coqueiro, bem desfibrados" (PEREIRA, Luis Araújo. Álbum das Orquídeas de Alagoas. Maceió. IMA/PETROBRÁS/TRIKEM, 2000, 315 p.).
Encyclia pertence a um largo gênero de orquídeas tropicais e subtropicais das Américas e Índias. Em sua maioria apresenta flores de pequeno porte, algumas perfumadas, em hastes rígidos de até 50 centímetros, com touceiras na base; pode gerar até 60 flores por haste. A maior parte das espécies é encontrada no México e Índia. Poucas espécies deste gênero são endêmicas da América do Sul. Estas orquídeas requerem cuidados semelhantes às cattleyas, mas as necessidades variam de acordo com a espécie”.

Observação endógena: muitos meses pra frente, através d'um fórum sobre orquídea um 'orquidófilo' me garantiu ser esta uma Encyclia oncidioides. Por isso foi feita uma correção no "sobrenome" a partir de 25/04/2013.
Por outro lado, é mais satisfatório comentar sobre sua aquisição e manutenção. Esta se trata de uma orquídea que estava arrancada de sua base natural (árvore) de maneira que não possuía praticamente nenhuma raiz em bom estado e seus pseudobulbos bastante maltratados e danificados, além de enrugados, de modo que eu não julgava sua recuperação. No entanto, surgiu um novo pseudobulbo (este que produziu as primeiras flores) a partir de outro (por sinal o mais sofrido), já que estava bastante enrijecido, como se estivesse exterminado e não possuía sequer resquícios de folhas.
Diante de todas as situações de maus tratos que esta orquídea sofreu, logo depois que sua base de sustentação (a árvore) fora cortada, é extremamente vitoriosa a sua floração, que atingiu um bom número de 23 flores (na primeira); nas que seguiram, até mais de 150 flores por florada; para ser mais preciso na florada de 2010/2011.
Em termos de emissão de raízes, ela também é um espetáculo.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...