segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

26 - Orquídea: Oncidium cilliatum

"Espécie epífita com pseudobulbos largos e facetados lateralmente com quatro centímetros de altura e de cor verde brilhante. Folhas de vinte centímetros de altura; alongo - lanceoladas e com ponta arredondada. Tem inflorescência de até 40 cm de altura, portando até 30 flores. A flor tem dois cm de diâmetro com sépala dorsal e pétalas de cor amarela, maculadas de marrom claro. Suas pétalas laterais de cor amarela também são levemente maculadas de marrom. Seu labelo trilobado tem cor amarelo vivo e lóbulos laterais voltados para baixo. Floresce no outono" (O Mundo das Orquídeas. Ano 4, n°. 17).

Observação endógena: eu nunca havia dado muita importância a esse gênero de orquídea. Encontrava algumas e muitas vezes não tinha o interesse de adquiri-las. Elas, portanto, não despertavam meu interesse por serem pouco expressivas, ao mesmo tempo em que expandem demais suas hastes florais. Porém é aquela velha história de que santo de casa não faz milagre, isto é, antes eu não sabia seu nome e somente depois de tê-la reconhecido numa revista é que passei a valorizá-la melhor. Atualmente tendo pelo menos 3 exemplares. Um dos meus Oncidium cilliatum na floração de 2009 sustentou aproximadamente 170 flores (em apenas um pseudobulbo a florir); um belíssimo ramalhete amarelo numa robusta haste floral.
Orquídea Oncidium cilliatum. Na região de Palmeira dos Índios/AL, floresce nas primeiras chuvas do ano, se encaminhando para o inverno.

Orquídea Oncidium cilliatum. Cultivada numa tora de tronco de coqueiro. "Naturalmente" melhor que isso: meio difícil.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...