segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Bromélia: Cryptanthus

Pertence a Família das Angiospermae/ Bromeliaceae. É Originária da Flórida, América Central e Brasil.
Descrição: “a planta tem a roseta aberta, folhas mais estreitas, variegadas com listras longitudinais, às vezes com espinhos, com forma de estrela. Na natureza aparecem em florestas úmidas, pouco iluminadas e de alta temperatura. Suas flores são brancas e bem pequenas, por isso é pouco chamativa”.
Modo de cultivo: “seu cultivo deve ser em locais de estufa ou interiores sem sol direto em substrato rico em húmus e minerais, poroso e com boa drenagem. Pode-se utilizar esfagno, areia, vermiculita e composto orgânico de folhas para este gênero. 
O substrato deve ser mantido levemente úmido, pois o tanque desta planta é muito pequeno. Deve-se cuidar para que não fique ao sol para evitar queimaduras nas folhas.A reprodução em geral acontece por inúmeras brotações laterais que facilmente podem ser separadas e replantadas. Seu cultivo em vaso largo e de pouca altura é muito interessante, formando densa colônia”.
Observação endógena: é bromélia terrestre e bastante resistente. Pouco chamativa, é verdade, mas fascinante se for dispensado um tempinho para observar seus detalhes e caprichos! 
Bromélia Cryptanthus. Disponível em: www.landcraftenvironment.com/

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Orquídea: Spathoglottis plicata

Observação endógena: pode-se dizer - grosso modo - que o gênero apresenta pseudobulbos pouco destacáveis e folhas alongadas que chegam a lembrar uma espécie de capim; a haste floral sai do centro das folhas e cresce +/- 20 cm. Quando em solo fértil (terra e compostos orgânicos) forma folhas grandes e verdejantes, os pseudobulbos chegam a ganhar algum destaque e exibe flores em cachos elegantes; e, imediatamente após o término das flores inicia o crescimento de novo(s) pseudobulbo(s). As raízes costumam se alongar, exigindo um vaso apropriado e com espaço suficiente.

Por não haver muitas informações sobre este espécie de Spathoglottis, quem dispor de conhecimentos sobre a mesma, por favor, queria compartilhar!
 
 
 

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Bromélia: Tillandsia tenuifolia

"As Tillandsias são um gênero botânico pertencente à família Bromeliaceae, subfamília Tillandsioideae. São plantas aéreas e a maioria habita as árvores e absorve seus nutrientes e umidade do ar, através de escamas prateadas. São mais de 400 espécies e é o gênero que apresenta o maior numero de espécies espalhadas pelas Américas. São encontradas em desertos, bosques e montanhas da América Central, América do Sul, México e sul dos EUA". "No Brasil existem cerca de 40 espécies diferentes de Tillandsias. O gênero Tillandsia foi nomeado por Carolus Linnaeus em 1738 em homenagem ao medico e botânico Doutor Elias Erici Tillandz – originalmente Tillander (1640 / 1693). Descrição – as espécies de Tillandsias são epífitas, ou seja, na natureza crescem sobre outras plantas sem ser parasitas, geralmente em arvores. Algumas espécies são litofitas, crescem em rochas, outras se desenvolvem em telhados, linhas de telefone etc. Poucas espécies crescem diretamente na terra. O gênero pode ser dividido em variedades verdes e variedades cinza". 
"Tillandsias Verdes – as espécies verdes requerem um clima temperado chuvoso ou bastante úmido e crescem geralmente na sombra, na terra ou sobre arvores".
"Tillandsias Cinzas – em contraste, quase todas as espécies de Tillandsias cinzas crescem em áreas sub-úmidas ou sub-áridas com alta umidade atmosférica. Preferem o sol, por isso crescem nas partes mais altas do bosque ou rochas. Muitas destas variedades são epífitas".  
"As Tillandsias formam na natureza colônias naturais em forma de touceiras ou bolas. Em cultivo doméstico e/ou comercial esses exemplares são pendurados por um fio plastificado ou arame galvanizado para que não ocupem espaços preciosos no piso ou nas bancadas das estufas. Dessa forma, eles acrescentam um efeito prá lá de especial nos locais onde se encontram, tipo: janelas, arvores, estufas etc".
BRAGA, Rômulo Cavalcanti. Bromélias Tillandsias (Tillandsias/Airplantas).
De "todas as informações" vistas na internet (e fotos) esta se pareceu mais com a variedade tenuifolia.
Tillandsia tenuifolia; na verdade as flores são os pequenos pontos brancos.


Tillandsia tenuifolia: formação de três "bases" de flores.
As flores são apenas as branquinhas; o vermelho é para atrair insetos, certamente.



 



LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...